Fórum Trabalhista de Criciúma é reformado para melhorar segurança de usuários

Alterações contemplaram fachadas e esquadrias do imóvel, inaugurado nos anos 60 e que integra o patrimônio histórico municipal

12/05/2022 16h26, atualizada em 12/05/2022 17h27
divulgação SPO

O imóvel que abriga as quatro varas trabalhistas e o Cejusc de Criciúma passou por uma reforma com o intuito de tornar a estrutura mais segura para os usuários. Concluídas em abril, as alterações contemplaram as fachadas e esquadrias do prédio e foram vistoriadas pelo Serviço de Projetos e Obra (SPO) do Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região (SC).

Ao longo dos anos, houve vários relatos de usuários sobre vidros quebrados da edificação. Para resolver o problema, as antigas esquadrias, feitas de ferro e vidro comum, foram substituídas pelas de alumínio com vidro laminado. Além de serem mais seguras, as novas estruturas possuem dimensões adequadas às normas técnicas e são mais eficientes no quesito vedação, explica o engenheiro João Carlos Godoy Ilha, do SPO.

O prédio também teve todas as fachadas lavadas, pintadas e recebeu manutenção nos brises, que são os dispositivos utilizados para impedir a incidência direta da luz solar no interior de um edifício.

Patrimônio histórico

O Palácio do Estado, imóvel de três andares onde funciona o Fórum Trabalhista de Criciúma, foi inaugurado na década de 1960 e pertence ao patrimônio histórico municipal. Durante a reforma, um dos cuidados do projeto foi manter e valorizar a arquitetura existente, com o mínimo impacto possível.

Além da Justiça do Trabalho, o prédio também é ocupado por uma agência da Caixa Econômica Federal e pelo cartório eleitoral do município.
 

Texto: Carlos Nogueira
Secretaria de Comunicação Social - TRT-12
Núcleo de Redação, Criação e Assessoria de Imprensa
(48) 3216-4303 / 4320 - secom@trt12.jus.br

Leia Também: