Desembargadores

Os gabinetes dos desembargadores estão localizados na Rua Esteves Júnior, 395, CEP 88015-905, Centro, Florianópolis-SC.

Telefones
Caso precise entrar em contato telefônico com os gabinetes, clique aqui para acessar os números.

José Ernesto Manzi - Corregedor
José Ernesto Manzi - Presidente
Posse em 13 de maio de 2011

Presidência: presidente@trt12.jus.br 
Gabinete: gdjem@trt12.jus.br 


É juiz do trabalho em Santa Catarina desde 1990, tendo atuado por uma década à frente da VT de São Miguel do Oeste. Foi alçado ao cargo de desembargador em 13 de maio de 2011, em vaga decorrente da aposentadoria de Marta Maria Villalba Falcão Fabre.

Natural de São Paulo (SP), possui dupla graduação: Ciências Jurídicas Sociais pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Filosofia pela UFSC. É doutorando em Direito Social pela Universidade de Castilla-La Mancha (ESP) e mestre em Ciência Jurídica pela Univali, além de ter cursado três especializações: Direito Administrativo na Universidade de Roma, Processo Civil na Unoesc e Processos Constitucionais, também na universidade espanhola de Castilla-La Mancha.

Lecionou as matérias de Direito Processual do Trabalho no curso de especialização em Direito do Trabalho da Unoesc. Publicou em 2009 a obra “Da fundamentação das decisões judiciais civis e trabalhistas" pela LTr, mesma editora em que publicou em parceria uma coletânea em homenagem aos 30 anos da Amatra12. Foi coordenador do Comitê de Segurança Institucional do TRT-SC de 2018 a 2021, e corregedor no biênio 2018/2019. Sua posse como presidente foi em 6 de dezembro de 2021, com mandato de dois anos.

Wanderley Godoy Júnior
Wanderley Godoy Junior - Vice-Presidente
Posse em 30 de março de 2017

Vice-Presidência: gvp@trt12.jus.br 
Gabinete: gdwgj@trt12.jus.br

 

Advogado trabalhista, atuou perante a JT de 1993 até tomar posse como desembargador do TRT-SC, em 30 de março de 2017, na vaga ocupada anteriormente por Jorge Luiz Volpato e destinada à advocacia pelo quinto constitucional.

Natural de Itajaí, possui graduação em Direito pela Univali, onde também cursou especialização em Direito Constitucional e mestrado em Ciências Jurídicas. Cursa doutorado desde 2015 na Universidade de Alicante, na Espanha.

Leciona as matérias Direito do Trabalho e Processo do Trabalho na Univali desde 2000, onde também dá aulas de Fundamentos Constitucionais do Direito do Trabalho e Engenharia de Segurança do Trabalho para os cursos de especialização.

Foi membro do Conselho Pedagógico da Escola Judicial, sendo seu atual diretor. Sua posse como vice-presidente do TRT-SC foi em 6 de dezembro de 2021, para um mandato de dois anos.

Dr. Nivaldo
Nivaldo Stankiewicz - Corregedor
Posse em 15 de junho de 2020

Corregedoria: secor@trt12.jus.br 
Gabinete: gdns@trt12.jus.br 

 

Natural de Curitiba, Nivaldo Stankiewicz começou a vida profissional como locutor de rádio, atividade que exerceu por seis anos. Graduou-se em Direito em 1985 na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) e, a partir daí, começou a advogar, já com ênfase no Direito Trabalhista. 

Seu ingresso na Justiça do Trabalho catarinense foi em junho de 1992, tendo atuado em diversas unidades judiciárias até ser promovido a juiz titular da Vara do Trabalho de Xanxerê, em 1996. Depois disso, passou também por Joaçaba, Jaraguá do Sul, Porto União e, desde agosto de 2006, estava na 4ª Vara do Trabalho de Joinville. A partir de abril de 2014 passou a ser convocado para atuar no Tribunal. 

No currículo acadêmico, tem pós-graduação (2001) em  Processo Civil pela PUC-PR e mestrado em Ciência Jurídica pela Univali, obtido em 2005 com a dissertação "Tutela antecipada como instituto de Direito Processual Civil e sua aplicação no âmbito do processo do trabalho". É coautor do livro Teoria Jurídica das Relações Interpessoais, no qual redigiu o capítulo sobre a responsabilidade dos sócios na execução trabalhista. 

Sua posse como corregedor foi em 6 de dezembro de 2021, para um mandato de dois anos.

Lília Leonor Abreu
Lília Leonor Abreu
Posse em 20 de maio de 1993

Gabinete: gdlla@trt12.jus.br 

 

Nascida em Rodeio (SC), viveu a infância e a juventude na vizinha Indaial, município do qual é Cidadã Honorária desde 2007. Tomou posse na Justiça do Trabalho catarinense em 20 de maio de 1993, em vaga destinada à OAB, depois de 12 anos de advocacia.


A desembargadora é formada em Direito pela UFSC (1980), especialista em Direito Público e mestre em Direito pela UFSC (1985), instituição na qual é professora vinculada e onde lecionou por quase 30 anos no curso de Direito.

Presidiu o Tribunal no período de março de 2000 a março de 2002. Também em 2002, atuou como ministra substituta na 5ª Turma e nas Seções Especializadas em Dissídios Individuais e Coletivos do Tribunal Superior do Trabalho. É a atual presidente da 3ª Turma do TRT-SC.

É a atual ouvidora suplente do TRT-SC.

 

Ligia Maria Teixeira Gouvêa
Ligia Maria Teixeira Gouvêa
Posse em 19 de fevereiro de 1996

Gabinete: gdlmtg@trt12.jus.br 

 

Ingressou na magistratura em 1979, na 9ª Região, e passou a integrar o TRT catarinense desde sua instalação, em 1982. Foi juíza-presidente das Juntas de Conciliação e Julgamento de Criciúma, Tubarão e 5ª de Florianópolis. Tomou posse como desembargadora em 19 de fevereiro de 1996, em vaga decorrente da aposentadoria de Victório Ledra.

Natural de Santa Maria (RS), cursou a Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e pós-graduação e especialização na Fundação Educacional do Sul de Santa Catarina. Fez curso de formação promovido pela "Section Internationale de l’Ecole Nationale de la Magistrature", na França, onde obteve, em 1990, o "Diplôme d’Études Sociales de l’Université de Nancy II" - Faculdade de Direito, e também esteve vinculada, como estagiária, ao "Tribunal de Grand Instance" de Nancy.

Foi presidente do Tribunal de 2002 a 2004 e corregedora de 1998 a 2000. De 2005 a 2007, atuou como diretora da Escola Judicial. Preside a Comissão de Revista desde 1998.

Atuou como docente na Fundação Educacional do Sul de Santa Catarina, atual Unisul, de 1976 a 1997, e desde 1997 ministra aulas no Curso Preparatório para a Magistratura do Trabalho, realizado pela Amatra12. 

 

 

Imagem não disponível de Marcos Vinicio Zanchetta
Marcos Vinicio Zanchetta
Posse em 05 de abril de 2002

Gabinete: gdmvz@trt12.jus.br 

 

Natural de Casa Branca (SP), foi procurador do trabalho, tendo assumido o cargo de desembargador do TRT-SC em 5 de abril de 2002. Foi nomeado para a vaga ocupada anteriormente por Airton Nascimento e destinada ao Ministério Público do Trabalho. 

 

 

Garibaldi Tadeu Pereira Ferreira
Garibaldi Tadeu Pereira Ferreira
Posse em 22 de maio de 2006

Gabinete: gdgtpf@trt12.jus.br

 

Natural de Lagoa Vermelha (RS), entrou para a magistratura trabalhista catarinense em 1989. Atuou como substituto em diversas regiões do estado e foi titular das Varas de São Miguel do Oeste, Canoinhas, Mafra, Curitibanos, 2ª de Tubarão, 2ª de São José e 4ª e 6ª de Florianópolis. Foi promovido a desembargador em 22 de maio de 2006, em vaga decorrente da aposentadoria de Luiz Fernando Vaz Cabeda. 

Formado em Direito pela PUC de Curitiba, antes de entrar para a JT foi advogado do Bradesco durante cinco anos, tendo chefiado o departamento jurídico da empresa em Santa Maria e Porto Alegre.

Em 1999 concluiu o Curso de Aperfeiçoamento Conducente ao mestrado na área de Ciências Jurídico-Comunitárias na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Foi vice-presidente do TRT-SC e diretor da Escola Judicial no período de 2011 a 2013, período em que também exerceu a função de ouvidor do Tribunal.
 

 

Gracio Ricardo Barboza Petrone
Gracio Ricardo Barboza Petrone
Posse em 06 de fevereiro de 2009

Gabinete: gdgrbp@trt12.jus.br 

 

Gaúcho de Rio Grande (RS), foi nomeado para exercer o cargo de juiz substituto do TRT-SC em 1989, tendo atuado inicialmente em Tubarão.

Promovido em 1992 para titular, esteve à frente das VTs de São Miguel do Oeste, Videira, Criciúma e 1ª de Tubarão. Foi alçado ao cargo de desembargador em 6 de fevereiro de 2009, em vaga decorrente da aposentadoria de Geraldo José Balbinot.

Formado em Direito pela Universidade do Rio Grande do Sul (UFRGS), possui cursos de especialização em Teoria e Análise Econômica e Dogmática Jurídica, ambas pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), e mestrado em Ciência Jurídica, área de concentração em Fundamentos do Direito Positivo pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali). Em 2007, formou-se em Psicologia pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul).


Foi corregedor regional no período de 2013 a 2015 e presidente do Tribunal de 2015 a 2017. De 2010 a 2011 ocupou o cargo de diretor da Escola Judicial. 
 

 

Mari Eleda Migliorini - Presidente
Mari Eleda Migliorini
Posse em 07 de agosto de 2009

Gabinete: gdmem@trt12.jus.br 
 

Natural de Curitiba (PR), ingressou na magistratura trabalhista catarinense em 1989, tendo atuado durante quatro anos como juíza substituta em diversas unidades do estado.

Entre 1993 e 2006, foi titular (na época, juíza-presidente de Junta de Conciliação e Julgamento) da 4ª VT de Joinville. Depois, passou a atuar na 5ª VT de Florianópolis e, de 2008 a 2009, acumulou a função de diretora de Foro até tomar posse no segundo grau em 7 de agosto de 2009, em vaga decorrente da aposentadoria de Licélia Ribeiro. 

A magistrada graduou-se em Direito em 1982 na Universidade Estadual de Maringá (PR) e lecionou Direito Civil na pós-graduação da Univille/Amatra em 2003 e 2004. Cursou especialização em Processo Civil pela PUC (RS), concluída em 2004, e um ano depois obteve o título de mestre em Ciência Jurídica defendendo dissertação, pela Univali, sobre "A teoria da desconsideração da personalidade jurídica diante da autonomia patrimonial da pessoa jurídica". Atualmente, está concluindo pós-graduação em nível de especialização em Gestão Pública pela Faculdade Damásio de Jesus.

Foi vice-presidente do TRT-SC no biênio 2016/2017, período em que acumulou as funções de ouvidora e diretora da Escola Judicial, e presidente do Tribunal no biênio 2018/2019.

Foto desembargadora
Maria de Lourdes Leiria
Posse em 17 de dezembro de 2010

Gabinete: gdmll@trt12.jus.br 

 

Natural de Porto Alegre, Maria de Lourdes Leiria graduou-se em Ciências Jurídicas e Sociais em 1985 pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Advogou por quatro anos antes de ser aprovada no concurso para a magistratura trabalhista da 10ª. Região (DF), tomando posse em dezembro de 1989. Chegou ao TRT da 12ª Região em setembro do ano seguinte, após aprovação no segundo concurso para juiz do trabalho substituto, tomou posse em primeiro lugar.

 

Após atuar como substituta em diversas cidades, foi promovida por merecimento à juíza titular da 1ª Vara do Trabalho (VT) de Chapecó em 1993. Atuou ainda como titular em Joinville, em Rio do Sul e por 17 anos em Blumenau, onde presidiu a 1ª e 3ª Vara do Trabalho. Em 17 de dezembro de 2010 foi promovida por merecimento ao cargo de desembargadora do trabalho. Presidiu a Comissão de Jurisprudência nos anos de 2012 e 2013.


Foi corregedora regional no biênio 2016-2017 e presidente nos anos de 2020 e 2021. Exerceu a vice-presidência do Colégio de Presidentes e Corregedores dos TRTs (Coleprecor) por um ano, entre 2016 e 2017. Atuou como gestora regional do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem de 2013 a 2018, quando passou a compor o Comitê Nacional. Integra ainda o Comitê Gestor do Programa Nacional de Resgate da Memória da Justiça do Trabalho, representando a Região Sul em ambos os Comitês.


No plano acadêmico, atuou como professora de Direito do Trabalho na Unisinos, no Centro de Educação Superior de Blumenau (Cesblu), na Furb e no Curso de Pós-Graduação da Associação dos Magistrados da Jusiça do Trabalho da 12ª Região (Amatra 12) em Blumenau.


É especialista em Direito do Trabalho pelo CESBLU e doutora em Direito pela Universidad Del Museo Social Argentino, onde defendeu, em novembro de 2011, a tese “Assédio sexual laboral - Agente causador de doenças do trabalho: reflexos na saúde do trabalhador",  publicada pela LTr em 2012, com segunda edição em setembro de 2019. Autora de diversos artigos sobre trabalho infantil e coordenadora da obra Trabalho Decente, organizada pelo Coleprecor e editada pela LTr.

 

 

 

Amarildo Carlos de Lima
Amarildo Carlos de Lima
Posse em 16 de fevereiro de 2012

Gabinete: gdacl@trt12.jus.br 
 

 

Paranaense de Ponta Grossa, Amarildo de Lima atuou como advogado e servidor público da Justiça do Trabalho em Mafra (SC). Em 1990, foi aprovado em três concursos para juiz do trabalho substituto - em São Paulo, Paraná e Santa Catarina -, tendo optado pelo tribunal catarinense. Atuou em cidades como Joinville, Jaraguá do Sul, Porto União e São Bento do Sul, além de Florianópolis.
 

Foi promovido ao cargo de desembargador em 16 de fevereiro de 2012, ocupando vaga decorrente da aposentadoria de Sandra Márcia Wambier. Foi gestor regional do Programa Trabalho Seguro no biênio 2014/2015 e, desde 2015, coordena o Comitê Gestor Regional do Processo Judicial Eletrônico (PJe) em Santa Catarina. No biênio 2020/2021, exerceu o cargo de corregedor do TRT-SC.

Bacharel em Ciências Jurídicas pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, é especialista em Processo do Trabalho pela Faculdade de Direito de Joinville e mestre em Ciências Jurídicas pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali), título obtido no ano de 2000 com a dissertação “Aspectos destacados da ação civil pública no processo do trabalho”. Atualmente, é professor do curso de Pós-Graduação em Direito do Complexo de Ensino Superior de Santa Catarina (Faculdade Cesusc).
 

 

Teresa Regina Cotosky
Teresa Regina Cotosky
Posse em 08 de novembro de 2012

Gabinete: gdtrc@trt12.jus.br 

 

Curitibana, Teresa Cotosky foi servidora concursada no TRT paranaense antes de ingressar na magistratura do trabalho em Santa Catarina, em 1990.


Atuou como titular nas cidades de Mafra, Joaçaba, Lages, Tubarão, Imbituba, São José e Florianópolis, onde respondeu pela 4ª VT de 2006 até ser promovida ao segundo grau, em 8 de novembro de 2012, na vaga ocupada anteriormente pelo desembargador Gerson Paulo Taboada Conrado.


Foi vice-diretora da Escola Judicial do TRT-SC de 2005 a 2007 e no ano de 2011. Presidiu a 3ª Turma do TRT-SC no biênio 2016/2017. Desde 2018 é gestora regional do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem. Nos anos de 2020 e 2021, foi vice-presidente do Tribunal, cargo que acumulou com o de diretora da Escola Judicial e de ouvidora.


É formada em Direito pela Universidade Federal do Paraná e tem especialização em Ciências Jurídico-Comunitárias pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Roberto Basilone Leite - Vice-Presidente
Roberto Basilone Leite
Posse em 11 de dezembro de 2014

Gabinete: gdrbl@trt12.jus.br 

 

Natural de Sorocaba (SP), formou-se na Faculdade de Direito daquela cidade em 1985. Foi advogado em São Paulo antes de ser aprovado no concurso para juiz do trabalho substituto em Santa Catarina.

Assumiu o cargo em junho de 1992, tendo atuado em 23 das 44 unidades judiciárias. Já como titular, a partir de dezembro de 1995, atuou nas cidades de Xanxerê, Criciúma, Araranguá, Brusque, São José e Florianópolis.

Tomou posse como desembargador em 11 de dezembro de 2014, em vaga decorrente da aposentadoria de Maria Aparecida Caitano.

No campo acadêmico, Roberto Basilone é doutor e mestre pela UFSC na área de Filosofia e Teoria do Direito. Lecionou na Unisul e na Escola Nacional da Magistratura do Trabalho.

Ocupou os cargos de vice-presidente do Tribunal, diretor da Escola Judicial e ouvidor no biênio 2018/2019.  Atualmente, é membro da Coordenação Técnico-Científica da Escola Judicial.

Roberto Luiz Guglielmetto
Roberto Luiz Guglielmetto
Posse em 31 de março de 2015

Gabinete: gdrlg@trt12.jus.br 

 

O paulistano Roberto Guglielmetto foi advogado trabalhista na capital e no interior paulista de 1984 a 1990, até ser aprovado para o cargo de juiz do trabalho substituto da 5ª Região (Bahia). Meses depois, foi nomeado para o mesmo cargo no TRT catarinense.

Promovido a juiz titular em dezembro de 1993, atuou nas cidades de Chapecó, Rio do Sul e, durante 16 anos, na 1ª VT de Itajaí. Em 31 de março de 2015 foi promovido ao cargo de desembargador em vaga decorrente da aposentadoria de Lourdes Dreyer.

É graduado em Direito pela Faculdade Metropolitana Unidas e possui pós-graduação lato sensu em Direito do Trabalho e mestrado em Ciência Jurídica, ambos pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali).

Leciona as disciplinas de Direito do Processo do Trabalho na Univali e Direito do Trabalho no curso de especialização da Amatra12.

Desde 2016 é gestor regional do Programa Trabalho Seguro em Santa Catarina. Também é membro da Coordenação Técnico-Científica da Escola Judicial.

Hélio Bastida Lopes
Hélio Bastida Lopes
Posse em 11 de outubro de 2017

Gabinete: gdhbl@trt12.jus.br 

 

Graduou-se em 1987 na Faculdade de Direito de Sorocaba (SP), município em que nasceu. Seu ingresso na Justiça do Trabalho foi no ano de 1982, como servidor da 2ª Região (SP), onde ficou durante uma década, até ser aprovado para a magistratura do TRT-SC.

Atuou como juiz substituto em Chapecó, Joaçaba, Florianópolis, Brusque, Mafra e Balneário Camboriú, até ser promovido a titular da 1ª VT de Chapecó, em 1996. Passou por cidades como Concórdia, Indaial, Balneário Camboriú, São José e Florianópolis, onde atuou na 3ª VT de 2009 a 2011, quando se removeu para a 1ª VT.

Tomou posse no cargo de desembargador em 11 de outubro de 2017, ocupando a vaga decorrente da aposentadoria de Edson Mendes de Oliveira. É o atual presidente da 1ª Turma do TRT-SC.

Mirna Uliano Bertoldi
Mirna Uliano Bertoldi
Posse em 24 de agosto de 2018

Gabinete: gdmub@trt12.jus.br 

 

Natural de Timbó (SC), a magistrada trilhou toda sua carreira jurídica na instituição.

Em 1986, ingressou no primeiro concurso promovido pelo Tribunal para o cargo de auxiliar judiciário. Em 1993, tomou posse como juíza substituta e, cinco anos depois, foi promovida a titular da 2ª VT de Criciúma. Ao longo dos 25 anos de magistratura, atuou nas cidades de São Bento do Sul, Blumenau, Timbó, São José e Florianópolis.

Foi promovida por merecimento ao cargo de desembargadora e tomou posse em 24 de agosto de 2018, ocupando vaga decorrente da nomeação de Alexandre Luiz Ramos para o cargo de Ministro do Tribunal Superior do Trabalho. 

Quézia de Araújo Duarte Nieves Gonzalez
Quézia de Araújo Duarte Nieves Gonzalez - Ouvidora
Posse em 24 de maio de 2019

Gabinete: gdqg@trt12.jus.br 

 

Natural de Florianópolis, iniciou a carreira na Procuradoria Regional do Trabalho catarinense como servidora, em 1996. Três anos depois, passou no concurso do Ministério Público da União (MPU) para o cargo de procurador do trabalho.

Foi nomeada para exercer o cargo de desembargadora da JT-SC após a aposentadoria de Viviane Colucci, passando a ocupar a vaga reservada a membros do MP pelo quinto constitucional. Atual ouvidora do TRT-SC, tomou posse no cargo em 6 de dezembro de 2021 para um mandato de dois anos.

Formada em Direito pela UFSC, possui especialização em Direito Constitucional pela Universidade de Lisboa.